+351 210 001 617 (Lisboa) | +351 289 098 720 (Faro)

Setor Agro-Alimentar | Exportações

O volume de exportações das empresas de produção e comércio de produtos agrícolas, aumentou 23% em 2017, em relação ao ano anterior.

Esta conclusão resulta da análise efetuada às declarações anuais (IES) que as empresas reportaram em relação a 2017.

O setor conta com cerca de 5.900 empresas, que no seu conjunto faturaram 3,349 mil milhões de euros, sendo que as 1.000 maiores empresas (16,7%) do setor representam 2,867 mil milhões de euros de volume de negócios (85% do total).

Grá?co 1 - Evolução do número de empresas exportadoras no setor da Produção e Comércio de Frutas e Legumes.     Grá?co 2 - Evolução do número de trabalhadores nas empresas exportadoras no setor da Produção e Comércio de Frutas e Legumes.

 

Nos últimos cinco anos, entre 2013 e 2017, as exportações contabilizadas na IES das empresas têm registado um crescimento contínuo, passando de 246 milhões em 2013 para 437 milhões de euros em 2017, o que equivale a um crescimento de 77% em cinco anos, ou seja, uma média superior a 15% ao ano.

Esta tendência tem sido acompanhada pelo número de empresas exportadoras, que passou de 605 em 2013 para 762 em 2017 (um aumento superior a 25% no número de operadores com vendas para o exterior).

Grá?co 3 - Evolução do valor das exportações de Frutas e Legumes (valores registados nas IES)

 

Registo também para o aumento do número de postos de trabalho nas empresas do setor, que passou de 7698 em 2013 para 11.029 em 2017, o que corresponde a um aumento superior a 43% no espaço de 5 anos.

Grá?co 4 - Distribuição das empresas exportadoras de Produção Agrícola e Comércio por Grosso.

 

As empresas exportadoras estão maioritariamente localizadas na região Norte (34,3%) e em Lisboa (24,9%), seguidos da Região do Alentejo (19%), Centro (13%) e Algarve (8,4%).

No seu conjunto, estas empresas registam um Volume de Negócios de 1,858 mil milhões de euros, sendo que as empresas com sede em Lisboa contam com praticamente 50% deste valor, seguido do Norte (21%), Alentejo (13%), Algarve (9%) e Centro (6%).

Grá?co 5 - Distribuição do Volume de Negócios das empresas exportadoras de Produção Agrícola e Comércio por Grosso.

 

Nota: a análise foi efetuada através do acesso aos dados registados na base de dados SABI: Sistema de Análisis de Balances Ibéricos até ao dia 6 de agosto de 2018 (data posterior à data limite para entrega das declarações da IES). Foram considerados os dados das empresas registadas com os seguintes CAE (códigos de atividade): 011 - Culturas temporárias, 012 - Culturas permanentes, 013 - Cultura de materiais de propagação vegetativa, 0163 - Preparação de produtos agrícolas para venda, 4631 - Comércio por grosso de fruta e de produtos hortícolas.