+351 210 001 617 (Lisboa) | +351 289 098 720 (Faro)

Turismo bate recordes em 2016

Em Portugal, o setor turístico voltou a bater recordes. Em 2016, segundo dados preliminares do INE, os estabelecimentos hoteleiros registaram 19,1 milhões de hóspedes e 53,5 milhões de dormidas, a que corresponderam aumentos de 9,8% e 9,6% respetivamente. O mercado interno contribuiu com 15,2 milhões de dormidas (+5,2%) e os mercados externos com 38,3 milhões (+11,4%). Os hóspedes não residentes representaram 71,5% das dormidas totais (70,4% no ano anterior).

OEm 2016 os hóspedes atingiram 19,1 milhões e as dormidas 53,5 milhões (+9,8% e +9,6%). O aumento de 3.1. p.p. face a 2015 revela estadias médias mais prolongadas.

No conjunto do ano de 2016, as dormidas aumentaram em todas as regiões, com destaque para os Açores (+21,1%), Norte (+12,8%) e Alentejo (+10,8%). Nas três principais regiões turísticas os aumentos de dormidas totais em 2016 superaram os de 2015, tendo sido de 9% no Algarve, 7,2% na AM Lisboa e 9,8% na RA Madeira. Em 2016, o acréscimo de dormidas face a 2015 totalizou 4,7 milhões, com os contributos principais do Algarve (31,9% do aumento de dormidas), AM Lisboa (18,9%), Norte (16,8%) e RA Madeira (14,0%).

Em 2016, a taxa líquida de ocupação-cama fixou-se em 48,6% (+2,4 p.p.), com um aumento próximo do verificado no ano anterior (+2,3 p.p.).  O Rev PAR fixou-se em 42,6 euros (+13,4%, em linha com +13,9% em 2015). 

 

Tendências para 2017

Segundo a European Travel Commission (ETC), a previsão é de que os fluxos turísticos para a Europa aumentem 3% durante 2017. A ETC refere que 2016 marcou o sétimo ano consecutivo de crescimento para o turismo europeu. A região mais visitada do mundo acolheu 620 milhões de turistas internacionais
Chegadas no ano passado, um modesto mas bem-vindo aumento de 2% em relação a 2015. Apesar da turbulência política e os desafios ao nível da segurança, os turistas desejam continuar a visitar região. 

Fonte: INE e ETC